Governo federal vai dobrar limite de compras em free shops

Geral

O governo federal vai dobrar o limite atual para compras em free shops. Com a mudança na regra, brasileiros que voltam de viagens do exterior poderão comprar até US$ 1 mil em produtos nos aeroportos – hoje, esse limite é de US$ 500.

A cota permitida para compras nos free shops terrestres, como na tríplice fronteira entre Paraguai, Argentina e Foz do Iguaçu, no Brasil, também vai mudar. O governo vai ampliar de US$ 300 para US$ 500 o valor máximo por pessoa que cruza a fronteira.

A mudança só deve valer para as compras nos free shops, depois que o cliente já passou pela Alfândega brasileira. O limite para as compras trazidas do exterior na bagagem permanecerá em US$ 500 para viagens aéreas e em US$ 300 para percursos terrestres. A mudança relativa aos itens trazidos na bagagem teria um complicador, pois exige negociação com os países do Mercosul. A norma do bloco é de limite de US$ 500.

Os aeroportos internacionais estão entre os beneficiados com a correção do limite para compras, pois concessionárias dos terminais costumam receber parte da receita dos free shops.

Compartilhe