Esquema entre representante de ótica e funcionário de fabricante de lentes causa prejuízo de R$ 7 mil

Polícia

Um fabricante de lentes de óculos registrou um caso de furto qualifica junto à Polícia Civil de Lajeado. De acordo com o relato da vítima, ela produz e vende lentes para diversas óticas. De determinada empresa recebia pedidos através de um representante comercial, que também trabalha na montagem de óculos.

O representante comercial, identificado para a polícia, fazia pedidos de lentes comuns e quando chegava na montagem, um segundo suspeito — funcionário da empresa da vítima, também identificado para a polícia —, produzia lentes com qualidade superior, entregando assim um produtor de maior qualidade, mas com custo mais baixo.

O prejuízo está avaliado em cerca de R$ 7 mil. O caso deve ser investigado. MS

Compartilhe